Desvende os mistérios da segmentação de mercado e definição de público-alvo

Muitas empresas não ampliam seus conhecimentos sobre o tema, mas a segmentação de mercado e definição de público-alvo estão lado a lado para o sucesso de um negócio.

Quando se realiza uma simples busca no Google sobre os conceitos da expressão segmentação de mercado, muitos são os resultados obtidos, isso acontece, porque estes é um tema muito abordado no mercado estratégico.

O termo segmentação vem do substantivo feminino e nada mais simboliza do que o “ato ou efeito de segmentar; divisão por segmentos; fracionamento”, sendo assim, a segmentação passa a ser a criação de grupos com focos específicos e características similares.

Uma segmentação apresenta ainda, quatro modelos de quadrantes, que visam facilitar os estudos durante a coleta de informações, garantindo uma assertividade superior a estimada. Assim, compreende-se segmentação para os itens:

Segmentação Demográfica:

Neste modelo de segmentação, são encontradas informações como renda, sexo, etnia, estado civil, grau de escolaridade e demais dados que compõem uma espécie de “ficha técnica” do consumidor, sendo uma ferramenta muito utilizada para dividir o mercado-alvo de uma empresa baseando-se nas características da população.

Segmentação Geográfica:

Este componente estratégico, realiza a divisão do mercado se baseando nos aspectos geográficos, como urbano e/ou rural, país, cidade, estado, continente, condições climáticas e demais condições geográficas em gerais; sendo que, ao desvendar os locais em que seu consumidor reside, possibilita que a empresa personalize seus esforços de marketing considerando todos os aspectos já existentes no espaços.

Segmentação Psicográfica:

O modelo psicográfico de segmentação é classificado como o ponto chave para obter dados precisos durante um estudo do cenário mercadológico. Esta segmentação se baseia no estilo de vida das pessoas, como por exemplo se são pessoas que gostam de esporte, são estudiosas, conservadoras, religiosas e demais fatores que tornam cada ser único e ao mesmo tempo, presente num dado grupo segmentado – ainda que não entendam/saibam isso.

Segmentação Comportamental:

Na segmentação comportamental, a assertividade é baseada nos locais de compra de um indivíduo, com pontos como: quais locais de compra, em que período, como são realizados os pagamentos e em qual frequência consomem. Entendem como é o comportamento de compra de um cliente, uma empresa tem uma facilidade significativa para desvendar qual o momento mais oportuno de realizar uma ação de comunicação/marketing.

Sendo assim, fica constatado que a segmentação visa garantir assertividade para um negócio, entendendo é a mente do seu consumidor, se coligando até mesmo, com a psicologia das cores e demais incentivos estratégicos de mercado.

Características de uma segmentação de mercado

Como já citado anteriormente, a segmentação é o ato de fracionar, reduzir e essencialmente dividir algo e/ou alguém em grupos com grau de conexão similar, visando com isso, identificar com uma certa precisão o mercado-alvo de uma empresa. Sendo assim, além de prática, uma segmentação de mercado possibilita uma linha completa de vantagens para as empresas, acompanhe:

  • Poderosa ferramenta estratégica de marketing
  • Grandes e bem-sucedidas empresas aplicam a segmentação
  • Apresenta facilidade na definição de necessidades e desejos
  • Fundamental na etapa/processo de tomada de decisão
  • Proporciona assertividade e melhores resultados com ações de marketing
  • Viabiliza um entendimento do comportamento dos consumidores

Indo um pouco além, a segmentação de mercado permite a identificação e definição de perfis e grupos de clientes, visto que para cada segmento ocorrerá o desenvolvimento de uma campanha especifica, criando conceitos que despertem o interesse do consumidor e garantam que determinada marca atinja o chamado e já conhecido aqui em nosso blog Top Of Mind.

Uma vez entendido o que é a segmentação, o acréscimo de mercado neste conceito, apresenta novas alternativas de estudo para os profissionais, sendo que a segmentação de mercado é organizada em quatro pontos principais.

O primeiro destes é o mercado de massa, comportando produtos e serviços consumidos em grande escala de quantidade por centenas de milhares de clientes, entre estes produtos, sendo um produto desenvolvido para todos. Dentre os itens do mercado de massa se encontram: celular, desodorante e pasta de dente.

Já o mercado de nicho é algo um pouco mais especializado e por que não dizer, personalizado, afinal, o mercado de nicho está dentro de um mercado já segmentado e agora se divide em subgrupos para melhor atender as necessidades de seus consumidores, sendo um produto/serviço com perfis específicos. Um exemplo para este mercado são docerias para pessoas com diabetes.

Um outro modelo é o mercado segmentado. Este mercado faz menção a uma empresa que possua propostas de valor diferentes a seus clientes, desenvolvendo produtos/serviços com variações, objetivando atender e suprir as necessidades de todos os seus clientes, sendo que um dos grandes exemplos para este mercado são bancos que promovem uma série de ajustes para cada cliente, afim de contemplar o mesmo.

Por fim, o mercado multilateral serve dois ou mais segmentos de clientes interdependentes, um exemplo para isto, seria uma empresa que atua na venda de cartão de credito e precisa de grandes índices de consumido, mas ao mesmo tempo, precisa que pessoas aceitam determinado cartão em suas vidas.

Reorganize suas estratégias e entenda seu público-alvo

Agora que você já sabe (ou até mesmo, relembrou) o conceito de segmentação e segmentação de mercado, fica fácil começar a reformular as lacunas que podem estar apertas no seu negócio, certo? Todavia, o que precisa ficar muito bem estabelecido na mente de qualquer profissional dos mais diversos setores de atuação, é que nada é realizado somente com uma estratégia ou esforço de comunicação, tudo na vida é uma questão de harmonização de elementos.

Sendo assim, o sucesso da sua empresa depende de uma série de estratégias e estudos sobre o seu mercado, projeções para os próximos anos, PIB do segmento, e especialmente uma bela definição de público-alvo, afinal, bem mais do que entender o seu mercado, é necessário entender que está disposto a comprar seu produto/serviço.

A expressão público-alvo é uma forma de entender para quem uma empresa está trabalhando ou viabilizando atender, é o famoso e famigerado termo de “para quem sua empresa abre as portas todos os dias”; o seu público-alvo é bem mais do que um cliente, é exatamente a pessoa que encontrará em seu produto/serviço a solução de um problema.

O seu público-alvo (conhecido também como target para os profissionais da comunicação e marketing), diz respeito a um grupo que compõe um perfil determinado de consumidor para um especifico mercado. Entendendo quem é seu público-alvo, como compra no mercado e quando realiza estas compras, fica fácil desenvolver estratégias de comunicação com índices de precisão elevados.

Para muitas empresas, é comum que a definição de um público-alvo esteja alinhada como a chamada persona.

Este modelo designado persona é uma personagem criada pela empresa, sendo baseada em um estudo mercadológico, que, tem todas as características de um consumidor que, eventualmente, será o target (público-alvo) desta mesma empresa.

Puxando um pouco está questão do consumidor alvo, é quase imprescindível a associação para com o marketing empresarial, e somente para complementarmos todas as informações listadas ao longo desta pauta, confira o chamado composto de marketing da comunicação empresarial.  

O composto de marketing reúne quatro pilares e pontos necessários visando o desenvolvimento estratégico de marketing, tendo como base os 4 Ps, sendo respectivamente:

Produto – Preço – Praça – Promoção

Para que não fique um conceito avulso, entenda agora o conceito de cada um dos compostos de marketing citados.

O P de Produto diz respeito as características do produto ofertado; o P de Preço se trata do custo monetário para a aquisição de um item; já o P de Praça possui conexão com a distribuição do produto, é o local onde este, é encontrado; por fim o P de Promoção possui vinculo com toda a divulgação realizada pela empresa.        

Empresas de sucesso alinham bons métodos para os negócios

Ao analisar todo esse banco de informações proporcionados nesta pauta, certamente você ficou se perguntando o que fazer com tudo isso, já que a sua empresa possui métodos pré-definidos e que de fato geram resultados ao seu negócio, certo?

Nós entendendo o quão tedioso pode ser alguém tentando te “ensinar” a fazer algo que você já é considerado um especialista, correto? Todavia, o que gostaríamos de deixar totalmente claro que beira o transparente, está no fato de que, uma estratégia de comunicação não é melhor ou inferior a outra, tudo se trata de uma composição estratégica.

Pode até soar contraditório, afinal, o conteúdo todo foi embasado para a questão da segmentação de mercado e definições de público-alvo, mas acompanhe nosso raciocínio: Primeiro, é necessário separar todos os pontos, para que então, seja possível visualizar como trabalhar. Sendo que, ao entender como trabalhar, uma empresa pode unir estratégias, é desta forma, atingir resultados assertivos – acredito que agora, ficou mais amplo tal informação, mas em caso de dúvidas, deixe abaixo um comentário que em breve nossos especialistas estarão prontos a lhe responder.     

Mercados segmentados pedem ferramentas exclusivas

Sem sombra de dúvidas, o seu mercado corresponde a algum dos segmentos listados aqui, e assim como você e todo o cenário estrutural do marketing, nós da Blob, também possuímos uma segmentação em nossa linha de clientes.

Isso porque, para que a ferramenta TPI – Tecnologia de Posicionamento Inteligente apresenta ainda mais assertividade, a mesma se divide e ao mesmo tempo, se enquadra perfeitamente em três modelos de mercado, como:        

  • Indústria
  • Varejo
  • Serviço

Por meio desta divisão, nosso time de especialistas é capaz de atender com precisão empresas de todos os setores e portes, reforçando que, nenhum mercado é especifico demais que não precise de ao menos, uma metodologia de comunicação, como a TPI da Blob.

Ah!! Lembre-se: no mundo dos negócios é crucial entender qual é a sua fatia de mercado, quem é o seu público e em qual escala de confiabilidade e lembrança você e sua empresa se encontram na mente do consumidor, tudo porque, atirar para todos os lados é sinal de falta de estudo e estratégias, no mercado e cenário atual, grandes estratégias e mirando no escuro não servem de nada, mas empresas de sucesso, estudam, analisa, aplicando, realizam pesquisas e testes e então, promovem uma estratégia certeira na maça do sucesso empresarial, neste caso, o cliente potencial.

Conquiste a primeira página