Saiba como fazer cálculos para métricas de marketing

Dedicamos tempo e recursos financeiros neste departamento, por isto, é fundamental saber se os esforços estão convertendo em leads qualificados para a empresa

Já compartilhamos sobre a relevância de todos os setores de uma empresa para que a mesma possa prosperar, e no caso do marketing, isto fica ainda mais em evidência, visto que cabe a estes profissionais gerarem os tão esperados leads para a empresa, por isto, é nítido o quanto todas as ações estratégicas do setor se tornam essenciais para a marca.

Seguindo o mesmo raciocínio lógico de importância para os negócios, o marketing é uma área que apresenta grandes desafios, afinal, em meio a tantas possibilidades, se torna complexo entender as lacunas que preenchem o caminho até a fidelização dos consumidores.

O problema fica ainda mais intenso quando os empreendedores inibem a necessidade de selecionar times específicos para executar ações de comunicação e marketing, ou então, deixam de lado novas ferramentas que possam expandir a base de leads para os negócios, acreditando que somente o fato de a empresa existir já é o suficiente para obter clientes, e nós sabemos que este pensamento é totalmente ultrapassado – você não faz isto, ou ainda insiste em fazer?

Quais os tipos de marketing para os negócios

Pela diversidade de estratégias, o marketing está em tudo que vemos e/ou fazemos, afinal, parte da atitude que gera a ação, por isto, e justamente para não ficar sempre batendo na mesma tecla e obtendo os mesmíssimos resultados, o marketing apresenta modelos amplos e que se conectam com todos os segmentos possíveis – é sério, independente do seu mercado, existe uma ação de marketing para ele.

O marketing acompanha todo o cenário do mundo, por isto, está em contínua evolução, além disto, ocorre mediante ao comportamento dos consumidores, que está sempre se reformulando, por isto, o marketing segue próximo das tendências e novas oportunidades para os negócios.

  • Marketing Digital

Talvez um dos que mais cresceram nos últimos tempos – e honestamente, um dos nossos preferidos, são ações voltadas para o digital, incluindo desde redes sociais até relacionamento geral com os clientes no on-line.

  • Inbound Marketing

Ao invés de ir atrás dos clientes, a empresa tende a ter ações estratégicas para que os próprios consumidores procurem a instituição e isto, parte da criação de conteúdo que gere valor aos potenciais leads.

  • Outbound Marketing

Diferente do inbound, esta é uma estratégia mais tradicional, sendo a ação de ir atrás dos seus clientes com incentivos em revistas, cartazes, mala direta e até mesmo em disparo de e-mail.

  • Marketing Offline

Um clássico sai de moda? Não necessariamente, mas ele se transforma. O marketing offline são as técnicas fora do ambiente digital, como a distribuição de press kit.

  • Marketing de Busca

Este modelo de marketing também possui uma estrelinha extra como um de nossos favoritos, afinal, são as ações voltadas para o Google que engajam e impulsionam empresas de forma orgânica ou não; mas na era da humanização, o legal mesmo é fazer um mix entre ambos, combinado?

  • Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo diz respeito a tudo aquilo que acrescenta na vida dos potenciais clientes, ou seja, são informações valiosas na percepção do mesmo, que geram aproximação entre marca e cliente.

  • Marketing Direto

Na mesma linha de pensamento que a mala direta (indo em busca dos clientes), o marketing direto acontece mediante a uma base de dados que a empresa possui e utiliza para se comunicar com seus leads.

  • Marketing Indireto

Já assistiu algum programa de televisão e notou uma marca conhecida e que, timidamente faz parte do cenário do conteúdo? A ideia é que você saiba que ele está lá, mas que pense ser uma mera “coincidência” do destino, e este é o marketing indireto, sendo sútil na mensagem.

  • Buzz Marketing (Marketing Viral)

Qual propaganda marcou em sua lembrança? O marketing viral é aquele que causa um grande impacto e dissemina a mensagem para o maior número de pessoas possíveis, é um registro que fica guardado na mente das pessoas.

  • Marketing de Guerrilha

Como o próprio nome diz, este modelo é bem estratégico e a criatividade se faz presente a todo momento, é literalmente ir de encontro com os clientes.

Analisando as métricas das ações em marketing

Investir em profissionais, ações estratégicas, ampliar seu conhecimento e dedicar tempo para reforçar técnicas na mesma medida que o mercado evolui não pode ser em vão, por isto, é necessário identificar as métricas que vem a partir das estratégias que você aplica no negócio, com isto, é fácil descobrir se estamos nadando a favor dos negócios ou prestes a afundar.

Pensando sempre em transmitir informações que acrescentem em praticidade ao seu negócio, vamos listas alguns conceitos práticos sobre quais as métricas você pode analisar nos dias atuais da sua marca:

A expressão CAC quer dizer Custo por Aquisição de Cliente, sendo uma métrica para saber o quanto a empresa investe/gasta para conquistar cada um de seus clientes, por meio disto, pode-se indicar justamente quanto destinar de verba para ações de marketing.

O ROI como o próprio nome diz, é o Retorno sobre o Investimento, ou seja, a métrica é para identificar se aquilo que você investe te faz lucrar ou perder dinheiro.

A sigla CPC simboliza o Custo por Clique, e como a expressão, é o valor que será cobrado a cada vez que alguém clicar em seu anúncio na internet, como o Google e Facebook AdWords. Nesta mesma lógica, existe o CPA Custo por Aquisição, mas ao contrário dos clientes, a métrica visa calcular o custo mediante as conversões realizadas.

O CTR – Click Through Rate está vinculado com as Taxas de Clique de uma campanha, e por meio desta métrica, se cria um balanço se a ação está sempre favorável ou nem tanto, ou seja, sua finalidade é identificar o número de cliques que vieram a partir do anúncio dividindo pela quantidade de vezes que foi exibido.

Além destas modalidades de métricas popular no marketing, podemos considerar também as taxas de impressões, alcances e cliques:

1) Impressão: número de vezes que a mensagem/anúncio/vídeo/postagem foi visualizada.

2) Alcance: quantidade de pessoas que visualizaram o produto/serviço (contabilizando 1 pessoa por vez, ou seja, não adianta visualizar 10x o mesmo conteúdo, o lead será contabilizado somente como um indivíduo nas métricas).

3) Cliques: volume de pessoas que clicaram no anúncio.

Fórmulas para realizar o cálculo das métricas

Para que se torne totalmente didático para você, vamos apresentar agora de que maneira é possível realizar o cálculo para entender com qualidade as suas métricas empresariais, lembrando que para impressões, alcance e cliques o número já vem exato.

1) CAC – Custo de Aquisição por Cliente: divisão dos investimentos para obter clientes a partir dos números de clientes que surgiram durante um período em específico:

CAC =        Soma dos Investimentos /
          Números de Clientes via Campanha

2) ROI – Retorno sobre Investimento: cálculo sobre o ganho da empresa menos o valor que custou da comunicação, em divisão ao custo total:

ROI =     Receita – Custo Total /  
                    Custo Total

3) CPC – Custo por Clique: podemos nos basear no investimento realizado e no investimento obtido:

CPC =       Custo Total Investido /
                  Número de Clique

4) CPA – Custo por Aquisição: representa o custo por conversão (aquisição), visto que o total investido é o valor total para a ação, e o número de conversões são referentes a quantidade de atitudes que o usuário realizou com a mensagem:

CPA =        Total Investido /
           Número de Conversões

5) CTR – Click Through Rate (Taxas de Cliques): divisão entre a quantidade de vezes que o anúncio/mensagem foi clicado pelo número de visualizações:

CTR =        Número de Cliques /      
             Número de Visualizações

Estratégia exclusiva para fortalecer os resultados da marca

Ao mensurar os resultados que suas ações de marketing estão apresentando, o seu time segue engajado caso os índices estejam satisfatórios ou então, identificam onde é preciso realizar ajustes para melhores números no final das estratégias.

Para isto, além de estruturar as técnicas com a sua equipe, o interessante é interligar métodos comprovados que elevem o nível de qualidade de tudo aquilo que você já faz internamente na sua empresa.

Neste momento, é bem provável que você esteja se perguntando “mas se eu aplicar tudo isto, qual a necessidade de investir em outras coisas?” Bom, até entendemos o seu questionamento, mas note que tudo o que listamos aqui se conecta para um melhor resultado, ou seja, tudo depende de outro fato e assim sucessivamente.

Unindo os resultados das métricas com os tipos de marketing e a ferramenta TPI – Tecnologia de Posicionamento Inteligente, você garante um retorno totalmente acessível e com um dos melhores custos/benefícios do mercado de marketing de posicionamento orgânico.

Lembra do CPC (Custo por Clique) que citamos? Então, a ferramenta TPI da Blob não tem isto, nós garantimos em contrato a primeira página do Google em apenas 8 semanas!

Preencha corretamente todos os campos e descubra como destacar sua empresa!

Captcha obrigatório
Parabéns por realizar seu cadastro para receber os conteúdos exclusivos da Blob.

Até mais,
Forte abraço!